Bragança à espera de um sprint?
Home > Notícias > Volta > Bragança à espera de um sprint?
Volta
Bragança à espera de um sprint?
15:30 - 07 agosto, 2019

Apesar da chuva prevê-se uma chegada a ferver

Partilha este artigo

Desde 1981 (43ª Volta) que um português não vence em Bragança. Nesse ano, o mais rápido foi Eduardo Correia com as cores do Sangalhos.

Uma magnífica reta de 400 metros, em ligeira inclinação, reserva para Bragança a última oportunidade para os velocistas puros.

O que comer para recuperar forças após a etapa?

Se não tem as preocupações dos homens do pedal na mesa transmontana há muitas iguarias para provar. Os enchidos, por exemplo, elaborados com conhecimentos ancestrais. À lareira curam-se alheiras, chouriças, salpicões, presuntos, chouriços de mel e também o típico butelo acompanhado pelas casulas (cascas de feijão secas). De lembrança, leve para casa o mel de castanheiro, o mais característico do concelho de Bragança, os méis de urze ou de rosmaninho e as broinhas de nozes à moda de Bragança.

Notícias Relacionadas
Categorias
Ver todas
Destaques
Ver todos
15:40 - 03 agosto, 2019
13:00 - 03 agosto, 2019
12:20 - 03 agosto, 2019